Encontro de Negócios Luso-Luxemburguês

Encontro de Negócios Luso – Luxemburguês

O Centro de Animação Cultural de Mortágua recebeu, na manhã do dia 18 de Agosto o Encontro de Negócios Luso – Luxemburguês.

Esta iniciativa promovida pela ACIBA – Associação Comercial e Industrial da Bairrada e Aguieira, pela CCILL – Câmara de Comércio e Indústria Luso – Luxemburguesa e pelo Journal BOM DIA, com o objetivo de promover o contacto direto entre empresários nacionais e oriundos do Luxemburgo, em prol do fomento de novos negócios, teve o apoio da Câmara Municipal de Mortágua, Sociedade da Água de Luso, S.A., Diário de Coimbra e Consulset, Consultadoria e Marketing, S.A.

Este Encontro contou com a participação, no painel de oradores, de responsáveis pelas Câmaras Municipais de Mortágua, Mealhada e Penacova, da Confederação da Comunidade Portuguesa no Luxemburgo (CCPL), da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), da Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra (CIM), do Conselho Empresarial do Centro / Câmara de Comércio e Indústria do Centro (CEC/CCIC), da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) e do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, em representação do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, entre outros.

Foram vários os intervenientes no debate sob o tema: Internacionalização: Desafios e Oportunidades, que no último sábado, para uma plateia de mais de meia centena de empresários, apresentaram sistemas de incentivos, oportunidades de negócio e realçaram a importância das comunidades portuguesas no estrangeiro para a dinamização da economia.
Francis da Silva, Presidente da Câmara de Comércio Luso – Luxemburguesa explicou o objetivo da entidade que dirige, apresentando de seguida as oportunidades de negócio existentes no Luxemburgo.
Por sua vez Luísa Pais Lowe, Coordenadora do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora referiu a importância das comunidades portuguesas para a economia nacional, realçando que as comunidades são influenciadoras, levam Portugal ao mundo e trazem o mundo a Portugal.

Este evento foi encerrado por João Vieira Lopes, Presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, que referiu que as Associações Empresariais são um elemento estruturante para a dinamização da economia local e regional, devendo trabalhar em conjunto por forma a criar economias de escala.

Por fim, o Vice-Presidente da ACIBA, Cláudio Matos, quis ainda deixar claro que este tipo de iniciativas fazem parte dos objetivos da ACIBA, uma vez que têm como propósito fomentar a interação entre as diversas instituições e empresários, de forma a dinamizar os negócios e a economia.

https://www.facebook.com/grupobomdia/videos/1814276131983856/

 

 

 

 

 

 

Administrator